Você precisa conhecer o Chile! Terra de oportunidades, tecnologia e turismo

Estive por alguns dias nesse maravilhoso país, ainda pouco explorado por empreendedores brasileiros.

limites-chileAndando por Santiago descobri que além de uma cidade linda e bem organizada, ótimos restaurantes, shoppings, centros de outlets, e outros, uma curiosidade: A forte presença de argentinos, brasileiros e peruanos em busca de tecnologia no país. Por exemplo, um computador que no Chile custa US$ 420, na Argentina o mesmo modelo custa US$ 780 e no Brasil US$ 690. Quando cheguei, entrei numa loja da Apple em Santiago e descobri que o modelo iPhone 6 Plus 128 GB custa 700 mil pesos chilenos, o que em reais são R$ 3.010,00! Detalhe: No Brasil o mesmo aparelho esta R$ 4.399,00!

Lendo sobre o assunto, no fim de 2013, a consultoria IntegraGo avaliou os preços de produtos eletrônicos no Chile, no Brasil, na Argentina e nos Estados Unidos. Os resultados marcam que comprar tecnologia no Chile é 25% em média mais caro que nos Estados Unidos. Mas também, por exemplo, que fazer as mesmas compras no Brasil custa 69% a mais. Na Argentina, no entanto, paga-se até 110% mais caro. Os celulares inteligentes, por exemplo, na Argentina custam em média 107% mais caro que nos Estados Unidos. No Chile, só 15% a mais.

Outras áreas não são diferentes! Com a compra de roupa acontece a mesma coisa, onde pode-se encontrar lojas com preços até 30% mais baixos que no Brasil por exemplo.

O salário mínimo é intrigantemente igual ao Brasil, por volta de R$ 800,00 reais. Mas e o custo de vida? Mais barato…

“Chile, terra de oportunidades” é como os chilenos querem que seu país seja conhecido na América do Sul. Um país que quer se transformar em um celeiro de startups de tecnologia, criando um ambiente amigável para empreendedores digitais que possuem projetos globais, mas que precisam de um “empurrãozinho” para fazer seu negócio acontecer.

O país criou toda uma estrutura para tornar o local amigável para empreendedores. Por meio do CORFO, órgão governamental, o Chile faz a ponte entre investimentos privados em inovação, conhecimento produzidos em universidades, startups, incubadoras e aceleradoras de projetos, associações do segmento e a StartUp Chile, um programa do governo que tem como objetivo atrair startups do mundo inteiro. No Chile, já se chama essa iniciativa de “Vale do Silício Chileno”, fazendo alusão ao modelo americano de empreendedorismo digital na conhecida região dos EUA.

Tudo isso porque uma característica chama atenção nesse País: Embora o Chile disponha de boa infra-estrutura de telecomunicações, boa conexão de internet fixa e móvel, sistemas de pagamento eletrônico muito seguro (e um dos mais avançados da América Latina), e ainda ostente as taxas mais altas de computadores pessoais e de penetração da Internet na América do Sul, o investimento em tecnologia de informação ainda não chegou no patamar esperado pelo governo e setor privado, e por isso a iniciativa governamental para diminuir o “abismo” digital, impulsionar o comércio eletrônico e aproximar o Chile dos padrões de investimento dos países desenvolvidos, tomando a dianteira na América do Sul.

Fiquei impressionado com esse País! No Chile existe o forte conceito do “Governo Eletrônico” de fato, onde por exemplo, qualquer empresa chilena pode pagar as contribuições previdenciárias de seus empregados, revisar suas contas correntes e solicitar empréstimos bancários por meio da Internet. Da mesma forma, pode pagar seus impostos, tramitar licenças e participar de leilões públicos, trocar informações comerciais, cotizações, especificações técnicas com clientes e fornecedores, subcontratar aplicativos, armazenar e processar bancos de dados remotos e fazer parte de um mercado virtual dentro ou fora do país, tudo on-line, e numa das redes de internet mais rápidas que já pude navegar no continente americano.

Nas próximas férias te recomendo: Conheça o Chile! E se você é da área de tecnologia, ou empreendedor, comece a considerar esse país como uma ótima opção para se viver!

Até a próxima!

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Armando Michel disse:

    Um blog simples, porém muito bem redigido e completo.

    As matérias são muito boas e elucidativas.

    Amo o Chile e o admiro.

    Sempre vi que era um país digno.

  2. René disse:

    Muito bom, Chile é um pais onde o brasileiro é muito bem-vindo.

  3. René disse:

    Legal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *